terça-feira, 29 de março de 2011

UNIFAL E CONSEP DE ALFENAS PROMOVE DEBATE SOBRE CRAK


 O Tormento do Século a dependência química do Crack será debatido na Unifal , e toda a Sociedade esta sendo convidada a debater , dia 01 de Abril das 08 ás 18 Horas Com uma programação de Conferencia Mesa Redonda e a Apresentação do CREFAL Centro Regional da Unifal para a Formação permanente de Profissionais que atuam na assistência ao usuário de Crack e outras drogas ,
Autoridades e membros da Comunidade civil em Geral debaterão durante um dia todo das 08 às 18 horas no dia 01 de abril de 2011 essas questão temáticas e problemáticas do mundo atual recentemente a Presidenta Dilma se Dispõe a criar uma campanha Nacional de combate ao Uso do Crack
O crack é uma droga tão problemática que apenas uma vez utilizada já causa dependência química, o crack é feito do refugo da cocaína.
Crack é uma droga, geralmente fumada, feita a partir da mistura de pasta de cocaína com bicarbonato de sódio É uma forma impura de cocaína e não um subproduto. O nome deriva do verbo "to crack", que, em inglês, significa quebrar, devido aos pequenos estalidos produzidos pelos cristais (as pedras) ao serem queimados, como se quebrassem.
A fumaça produzida pela queima da pedra de crack chega ao sistema nervoso central em dez segundos, devido ao fato de a área de absorção pulmonar ser grande e seu efeito dura de 3 a 10 minutos, com efeito, de euforia mais forte do que o da cocaína, após o que produz muita depressão, o que leva o usuário a usar novamente para compensar o mal-estar, provocando intensa dependência. Não raro o usuário tem alucinações e paranóia (ilusões de perseguição).
Em relação ao seu preço, é uma droga mais barata que a cocaína.[2]
O uso de cocaína por via intravenosa foi quase extinto no Brasil, pois foi substituído pelo crack, que provoca efeito semelhante, sendo tão potente quanto à cocaína injetada. A forma de uso do crack também favoreceu sua disseminação, já que não necessita de seringa — basta um cachimbo, na maioria das vezes improvisada, como, por exemplo, uma lata de alumínio furada.
(fonte Jornal O Pharol.com.br)

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL DA 18ª CIA PM IND

Responsável pela ocorrência: SGT PM GONÇALO ROCHA

Um comentário:

  1. O consumo de crack aumentou e é preciso a união de todos no combate contra a droga. O crack traz malefícios ao usuário, família e sociedade e atinge a todos independentemente do sexo, cor e classe social.
    Divulgue mais informações sobre o crack: http://bit.ly/bDGqGz
    Conheça os CAPS que estão espalhados em vários lugares do país para prestar auxílio aos dependentes: http://migre.me/2qkFl
    Siga-nos no Twitter: www.twitter.com/minsaude
    Mais informações: comunicacao@saude.gov.br
    Obrigado,
    Ministério da Saúde

    ResponderExcluir